Navegue!

11.8.13

Um Tour pelo Japão: Kyoto


Minna, gomen ne por não postar isto antes... Deveres e mais deveres de casa e da escola também, então me perdoem e não me joguem pedras ou atirem com uma calibre .40, ou sirvam-me de comida pra dragões e qualquer tipo de morte semelhante. -q Mas okay, vamos explorar mais o Japão! O que acharam do nosso passeio passado em Kobe? Bom não é?

Bem a mesma coisa de sempre, mantenha pés e mãos dentro da poltrona e não desgrude do mouse, qualquer vômito de arco-íris não é responsabilidade da empresa, obrigada. Meu nome é Ririn e irei acompanhá-los à essa viagem! Kyoto, o coração do Japão!


A famosa frase que denomina essa cidade "coração do Japão" não é qualquer apelido dado por qualquer um, Kyoto é de fato o coração do Japão. Saímos de uma cidade totalmente ocidental do Japão e chegamos numa cidade tradicional japonesa, onde por onde quer que você ande conseguirá ver ruelas, sombrinhas e templos magníficos! Em Kyoto a presença das quatro estações podem ser vistas com clareza, como o outono nessa cidade que fica repletas de árvores vermelhas e laranjas.

Em Kyoto a presença de tecnologia é bem visível como qualquer cidade nipônica como a estação de trem quando recebe turistas de Tóquio que são muito bem recebidos através do design moderno. Veremos muitos estudantes andando por aqui, pois nesse cidade está as mais importantes universidades japonesas. Restaurantes de vários gostos, como o italianos, estão presentes.

Que tal passarmos por uma área cheia de gueixas com maquiagem no rosto, quimono e tamanco? Em Kyoto há uma área especial  para elas o bairro de Gion onde no fim da tarde está repleta delas que depois vão dançar no Gion Corner. 

Gente, elas são muito divas ^0^

Vamos ao mais famoso templo de Kyoto, o Kiyomizu-dera que fica no alto de uma montanha e tem um vista muito bela. O significado desse nome é "templo da água pura" e sua fonte é considerada sagrada, não é à toa que muitos visitantes fazem filas com canecas de metal para bebê-la. Quando for pra lá, não se esqueça de ir na varanda do templo, de lá uma ótima foto poderá sair de sua câmera. No alto do templo, principalmente no outubro e primavera, dá para ver as belíssimas cerejeiras e suas trocas de folhagens no outubro, é nessa época do ano que o templo ganha uma iluminação especial de noite para que o  pessoal possa ver o belíssimo horizonte até mais tarde.

Procura um amor? Nesse templo, acreditam-se que tem poderes de um cupido, então se for pra lá e quiser um amor duradouro reze, e encontrará sua cara metade. hoho' vou pra lá -q


Uma imagem inesquecível, mas que não pode tocar é o templo dourado de Kinkaku-jin que era revestido por folhas de ouro e ficava no meio de um lado, parecia um vale encantado cheio de fadas. Porém, depois da morte de seu senhor, o pavilhão de três andares foi transformado em um templo e em 1950 um monge enlouquecido o incendiou deixando o belíssimo templo dourado em cinzas.

Hoje, o templo não está mais aberto ao público e também não é o original, é uma réplica, mas vale a pena, você tirará belíssimas fotos!



Sinta-se uma princesa medieval e um samurai visitando o Nijo Castle que é revestido por painéis originais pintados por artistas da escola Kano, a mais importante do século XV. Bonecos reproduzem o que deviam acontecer naquela época, como reuniões do xogum e os senhores feudais. O piso do castelo é original e faz qualquer ruído a cada movimento brusco do visitante que tem que tirar o sapato do lado de fora  para poder visitar o castelo. Mesmo cheio, espera-se que o silêncio impere no castelo.


Em Kyoto tudo é preparado com máxima delicadeza, como ferver uma água e colocar folhas dentro para fazer chá, por isso, quando entrar em um restaurante tradicional retire o relógio para mostrar acreditar que o tempo real deixou de existir, um etiqueta em Kyoto. 

Sinta-se uma gueixa por um dia! Em  Kyoto o estúdio Maika faz sua maquiagem e penteado no estilo gueixa e deixam usar um quimono. É só ir até ali se vestir, maquiar, pentear e sair por aí como uma aprendiz de gueixa!

Para chegar lá e andar por lá, o meio mais econômico é usando o Raku Bus que leva o turista a todos os pontos turísticos e históricos de Kyoto. Como há várias rotas, procure o Bus Information Center, na estação ferroviária de Kyoto, onde fornecem mapas para não se perder. Ao entrar no ônibus um clima estranho você sentirá, no Japão os motoristas de ônibus dirigem com luvas brancas e sempre com um sorriso no rosto!

Vamos nos hospedar no Kyoto Hotel Okura, onde a diária para duas pessoas é de R$336 à 933. O hotel tem restaurante, sala de ginástica, piscina, estacionamento, bar e muitas outras coisas! Os quartos são com cama de casal e banheiro.


Na minha opinião: Kyoto é uma cidade muito agradável de visitar, pois predomina muito bem as características do Japão tradicional, principalmente a cultura japonesa, gostei bastante da questão de ética de tirar o relógio naquele ritual ^^'


E você? O que achou? Comente aí embaixo! 

~bye bye!

Mais informações: Boa Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Reaja e comente!