Navegue!

28.9.14

O seu Casamento!

Kim Hyo Jin e Yoo Ji Tae

~Oi!

Quem nunca já imaginou seu casamento com o oppa? o/ Mas e o estilo da cerimônia? Será que vai ser o tradicional branco com véu e grinalda? Ou será aqueles bem legais da Ásia? Sei que falta muito tempo pra maioria de vocês que estão lendo para chegar ao altar, mas quem sabe esse post não sirva de ajuda para você lá no futuro? hihi

Escolhi três casamentos tradicionais bem bacanas da Ásia. Bora conferir?

 Os casamentos tradicionais varia de região, religião e cultura de determinado país ou até mesmo família.

Uma festa em vermelho (China)


A cor vermelha está presente em praticamente tudo no casamento tradicional chinês. Para os chineses, o vermelho é a cor que representa o amor. A roupa da noiva, normalmente é vermelho, tais como convites de casamento e caixinhas de lembrancinhas.
A data do casório chinês é baseada na astrologia. É costume os casais entrarem a meia hora ao invés de uma tal hora em ponto de acordo com o relógio analógico (por exemplo às 16:30 da tarde). Assim, os casais começam sua nova vida juntos quando o ponteiro dos minutos está subindo, diferente de quando marcam em uma hora em ponto (16:00, por exemplo).
O casamento é organizado e pago pela família do noivo.
Na manhã do casamento, o noivo é vestido pelos pais, já a noiva não deve colocar seus pés no chão até chegar ao local da cerimônia, portanto a noiva deverá ser carregada no colo até o carro. Caso o carro seja aberto, um guarda chuva vermelho deve ser aberto sobre ela trazendo assim sorte e fertilidade à noiva.
O casal é conduzido ao altar da família onde prestam homenagem ao Céu e Terra, aos familiares passados e ao deus Tsao-Chun. Em seguida é servido um chá com duas sementes de lótus aos pais do noivo. Depois, o casal de noivos fazem uma vênia um ao outro, encerrando a cerimônia.
Depois disso tem mais um montão de coisas que não caberiam aqui, então se ficou interessado clique aqui (). É a parte mais daora, a da festa! o/




Ganso da Sorte (Coreia do Sul)


Uma vez que o casal resolve se casar, há um encontro entre a família do noivo e da noiva para que possam resolver e discutir sobre os preparativos do casamento. Assim que todos concordam com o casamento, um Sanggyeonnye é realizado (apresentação dos noivos à todas as pessoas da família). Nesses encontros entre as famílias, a noiva sempre usa uma roupa cor de rosa.
Como no casamento chinês, há uma troca de presentes entre família, como o Yedan - caixa de roupa de seda ou jóias que a noiva manda à casa do noivo para demonstrar respeito-, o Cholgap - presente em dinheiro e jóias da família do noivo para a família da noiva -, o Hamgap - presente em dinheiro dos pais da noiva aos amigos do noivo um dia antes do casamento - e o Sangsu - troca de comidas e vinhos entre as famílias -.
Antes do casamento, tirar fotos ao ar livre ou estúdio virou uma obrigação. O vestido de noiva, smokings, hanboks (traje típico coreano) e até mesmo roupas casuais são usadas para refletir o modo de vida do casal.
A cerimônia geralmente é silenciosa, cheia de gestos sem muita troca de palavras. Uma curiosidade muito legal na cerimônia é o pyebaek, onde o casal reverencia os pais do noivo que normalmente, durante a reverência, os pais jogam castanhas ou jujubas que a noiva tem que pegar com parte de seu hanbok que representa o número de filhos a nascer e abençoar o casamento.
Logo após a cerimônia tem a romântica lua de mel do casal (#todosamam), quem quiser ver clique aqui (). Mas aí vocês se perguntam: "Por que ganso da sorte?" na Coreia, eles usam o pato ou o ganso para representar fertilidade ou sorte.



Puro (Japão)



O casamento tradicional japonês era muitas vezes utilizados para reforçar as relações políticas ou manter a paz. Há muito tempo, o noivo iria visitar a noiva na calada da noite e somente depois do nascimento de um bebê ou da morte dos pais do noivo, é que a noiva virava realmente a sua esposa. O noivo visitava muitas vezes a noiva de noite e depois disso, os pais da futura esposa o convidava para compartilhar bolinhos de arroz onde o noivo recebia a bênção dos sogros.
Como nos casamentos tradicionais, há a troca de presentes onde a família dos noivos trocam bebidas ou comidas para selar o acordo. Além de alimentos, há a troca de dinheiro para comprar saquê que representa carinho, obediência durante a vida de casados. Essa troca de presentes é considerado um dia de sorte.
Há ainda, mesmo que em poucos casos, o Mi-ai, onde os pais da noiva fazem uma entrevista com o futuro esposo de sua filha.
No dia do casamento, a cerimônia é realizada num templo budista, onde é feita uma oração e um discurso que celebra a purificação de todos os convidados. No altar é colocado dois rosários budista que representa a junção de duas famílias em uma. Há também a cerimônia mais popular conhecida como Shinto (O Caminho dos Deuses) que pode ser realizada em casa ou em um templo.
O noivo usa um típico quimono japonês preto e a noiva um quimono branco com uma peça muito bem elaborada para colocar na cabeça, adornada com flores, pérolas e pendentes de ouro que significa boa sorte ao casal. A noiva é pintada de branco puro dos pés a cabeça, representando uma ligação aos deuses.
Após a cerimônia os noivos trocam votos e prometem lealdade em sua vida de casados enquanto as famílias se olham de frente a outra. Ao terminar a cerimônia, é abanado galhos de uma árvore sagrada sobre a cabeça dos noivos que muitas vezes os galhos são representados por cordões de papel.
Logo após a cerimônia, é realizado o ritual do saquê e a recepção que podemos conferir clicando aqui ()


===== ❤ =====

Bom gente, foi isso! Ficou enoorme, mas tentei resumir ao máximo! 
Desculpem-me pelo leve (bem de leve, né?) a demora pra postar. Ando totalmente sem tempo ultimamente, vou me esforçar pra postar com mais frequência.
Eaí? Já escolheu qual vai ser a sua cerimônia de casamento? Não vale o coreano só por causa do k-pop, hein! Mentira. Comentem aí qual vocês acharam o mais interessante! >3<



~bye bye! 




3 comentários:

  1. Ai, gente... Nasci pra ser brasileira mesmo. Apesar de achar muito interessante ler sobre esses estilos de casamentos, não acharia nada legal ter que vivê-los.
    Amei o post. Informativo, sem ser cansativo :)

    Nankin Dust

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô, é mó bacana! Sem dúvidas eu casaria com o tradicional japonês, muito lindo! Mas com certeza no final vou me casar com o tradicional de véu e grinalda >.<
      Woa! Já estava achando que ninguém ia ler por ser enoooorme, ainda bem que você gostou! >3<

      Excluir
  2. parceria? segue? segui ja o seu. :) - magefox.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou? Reaja e comente!